Carne vegetariana criada por famoso açougueiro holandês chega ao Brasil

Carne vegetariana criada por famoso açougueiro holandês chega ao Brasil

The Vegetarian Butcher: Hambúrguer à base de planta chega ao Brasil  (Tomás Rangel/Reprodução)

A The Vegetarian Butcher, marca holandesa de carne plant-based acaba de chegar ao Brasil, por meio da fabricante de bens de consumo Unilever. A proteína a base de plantas poderá ser inicialmente consumida de 17 a 31 de outubro em São Paulo e Rio de Janeiro.
“As pesquisas mostram que em seis anos, o número de pessoas que procuram uma alternativa à carne animal quase dobrou no Brasil, trouxemos a The Vegetarian Butcher para atender a essa demanda cada vez mais crescente no país”, diz Ricardo Marques, vice-presidente da Unilever Food Solutions.
Serão mais de 180 endereços que terão The Vegetarian Butcher  em receitas exclusivas, que continuarão após a ação de lançamento. Participam, em São Paulo, casas como Meats – hamburgueria artesanal em Pinheiros comandada pelo chef açougueiro Paulo Yoller – e o grupo Companhia de Gastronomia e Cultura – liderado pelo chef Marcos Livi.
Já no Rio de Janeiro, o TT Burger – lanchonete comanda pelo chef Thomas Troisgros – e casas emblemáticas como o Geneal e a rede B de Burger. O público também  poderá encontrar, em São Paulo, receitas com The Vegetarian Butcher nas rotisseries do hipermercado Carrefour e no Deli Express by Sodexo, novo serviço de delivery da companhia.
“Decidimos lançar os produtos primeiro nos restaurantes porque acreditamos que este é canal responsável por criar as principais tendências e as experiências que depois serão levadas para casa”, diz Camille Lau, gerente de marketing da Unilever Food Solutions.
Os produtos são oferecidos no estado de São Paulo por valores entre R$34,90 a R$45,90 reais o quilo. A variação depende do canal de venda e produto.
História
A marca holandesa The Vegetarian Butcher, criada pelo açougueiro Jaap Korteweg, propõe promover uma mudança comportamental e cultural na população, oferecendo opções para quem gosta do sabor da carne, mas por alguma razão quer reduzir consumo. Korteweg, por exemplo, nasceu em uma família que lidava com agropecuária há oito gerações e era apaixonado pelo sabor e textura da carne.
Em 1998, quando a gripe suína devastou a suinocultura do país e porcos saudáveis foram sacrificados, a organização de saúde foi até Jaap e pediu para que sua fazenda se tornasse local de armazenamento de dezenas de milhares de cadáveres. Tocado com a tragédia, Jaap decidiu que ia mudar a sua relação com os animais e com a forma como a carne era produzida e consumida e lançou a marca em 2010. A história da The Vegetarian Butcher ganhou um novo capítulo em 2019 quando foi vendida para a Unilever e aumentou sua distribução global.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *